Nosso espaço pet



Exercícios para o seu pet


Fazer exercícios físicos é sempre uma tarefa cansativa, porém muito necessária para manter nossos pets saudáveis. Nesse artigo vamos elencar algumas dicas de exercícios para cães e gatos, os cuidados e indicações.

Antes falarmos de exercícios para cachorros, é importante ressaltar que cada cão tem sua limitação e esforço em demasia chega a ser perigoso, podendo causar problemas sérios ou até a morte. Além disso, nunca leve seu cachorro para praticar exercícios em horários de calor intenso, alguns pisos como asfalto ou concreto absorvem o calor do sol e as altas temperaturas ferem suas patas, além da possibilidade de causar outros desconfortos físicos.

Dicas de exercícios para cachorro, seu tempo e benefícios!

Lembre-se! é sempre importante ter a indicação e acompanhamento de um especialista para que o seu cão atinja os melhores resultados e não sofra.

Vejamos algumas dicas:
 
Caminhadas: Apesar de parecerem pouco em comparação com outros exercícios mais puxados, as caminhadas são muito apreciadas e totalmente saudáveis para os pets, principalmente os menores.
Indicação: Todas as raças
Tempo: máximo de 45 minutos diariamente
Cuidados: coleira e guia. Focinheira para cães maiores. Recipiente com água e sacos para recolher as fezes.
 

Corrida: especialista em aliviar stress e fortalecer musculatura, a corrida é muito indicada, porém com ressalvas.
Raças apropriadas: maiores e hiperativas como Border, Collie, Akita, Pastor Alemão e Beagles.
Tempo: A corrida deve ser levada como se fosse à academia. Não adianta puxar o ritmo desde o inicia. É necessário preparação, aquecimento e então o esforço maior. Começar com 20 minutos de corrida nas primeiras semanas, alongar o período se demonstrar evolução.
Cuidados: Lembre-se de fazer pausas para descanso e hidratação. Cuidado com pisos irregulares, prefira por asfalto regular.
 

Lançamento de objetos: ótimo para queimar excesso de gordura e fortalecer os braços. Une exercício e brincadeira ao mesmo tempo.
Raças apropriadas: cães velozes como Beagles, Labradores e Whippets.Tempo: Use o bom senso. Não sobrecarregar o cão com excesso de atividade.

 

Cuidados na prática de atividade física com gatos

  • Os gatos são muito sensíveis ao calor, mas isso não quer dizer que seu bichinho só possa se exercitar em locais ao ar livre como varanda e/ou quintais. Você e seu bichano podem se divertir e muito dentro de casa! Para isso, só é preciso se certificar de que o local escolhido é fresco e arejado.
  • Segurança em primeiro lugar! Para quem mora em apartamento é imprescindível que todas as janelas estejam teladas para evitar acidentes. Se as brincadeiras acontecerem no quintal, certifique-se de que todas as portas e/ou acessos à rua estejam bloqueados para que não haja o risco de fugas.
  • Hidratação para os felinos também é fundamental! Depois da atividade, ofereça ao seu bichano água nova e geladinha.
  • Diferentemente dos humanos, os gatos não suam. Durante a atividade física, para resfriar o corpo, eles adotam uma respiração mais ofegante, com a língua para fora. Observe atentamente a respiração do seu gatinho, se perceber que ele está com dificuldades para respirar, pare o exercício imediatamente.


Vejamos algumas dicas:

Perseguições radicais: Não é novidade alguma que os gatos amam perseguir coisas que se mexem, não é mesmo? Para praticar esse exercício você vai precisar de uma lanterna e uma boa dose de disposição!

Aponte a lanterna para uma parede vazia e faça movimentos contínuos próximos ao gatinho. Estimule-o a perseguir a sombra e a se movimentar. Se estiver claro e a lanterna não funcionar muito bem, você pode trocá-la por uma varinha com penas nas pontas! É sucesso garantindo com os felinos. 

Circuitos domésticos: Você já percebeu que seu felino tem explosões de energia, correndo freneticamente e subindo em todos os lugares? Que tal aproveitar deste momento para fazer com ele um circuito pela casa?

Quando observar que ele quer se exercitar, proponha um circuito. Corra pela casa que ele deverá correr atrás de você. Depois, troque as posições, corra você atrás dele e deixe que ele fuja, correndo pelos cômodos, escondendo e subindo nos locais mais altos.

Exploração com recompensa: Gatos adoram brincar. E não precisam de brinquedos super elaborados para serem felizes! Aposte nos interativos e simples, que vão prender a atenção felino e fazê-lo gastar mais calorias.

Um bom exemplo são as bolinhas recheadas, que podem ser de pequenas esferas de acrílico que farão barulho estimulando o animal, ou com petiscos.
Neste último caso, além de estimular o instinto explorador dos felinos, eles ainda tem a recompensa de um saboroso petisco quando conseguem retirá-lo de dentro da bolinha!



Veja também


Entenda a linguagem corporal do seu pet
A Linguagem do seu pet é única e nos diz muito. Conheça o que o cada expressão corporal, facial ou sonora do seu cão quer dizer.
Saiba mais
Quais as vacinas obrigatórias para o seu pet?
A vacinação e a melhor forma de proteger cães e gatos contra doenças infecciosas, causadas por vírus, bactérias e outros microrganismos
Saiba mais
Castrar? Por que?
Castrar um animal de estimaçao é um tema que continua gerando dúvidas, muitas delas por causa de falsas crenças a respeito desse assunto.
Saiba mais



Telefone:

(48) 3535 1010

WhatsApp:

(48) 99161 3718

Endereço:

Rodovia SC 108, KM 436 nº sn
Bairro Último Rio - Jacinto Machado
Santa Catarina - Brasil
CEP: 88950 000

Siga-nos:



Todos os direitos reservados Elleve Pet | Desenvolvimento Micronec Agência